quinta-feira, 9 de março de 2017

A GRANDE MENTIRA CONTRA A COREIA DO NORTE

A Coreia do Norte é um estado laico, é um país onde não existe nenhuma religião oficial e esta não tem nenhuma relevância na política. Apesar disto, os cristãos tem direito de liberdade religiosa e está garantido na constituição, no capítulo V: "Direitos e deveres fundamentais do cidadão", no artigo 68.

"Os cidadãos possuem liberdade á crença religiosa. Este direito é concebido através da aprovação da construção de edifícios de cunho religioso e sessões de cerimônias religiosas.
Ninguém pode usar a religião como pretexto para promover forças estrangeiras ou prejudicar o Estado e a ordem social."

Há igrejas na Coreia do Norte?
É lógico que em um país onde supostamente existe perseguição religiosa, não existem edifícios de cunho religioso, ou em caso que existam, não tem um uso religioso. Infelizmente para vários meios de comunicação, existem várias igrejas no país e são usados com fins religiosos.
Existe bíblias na Coreia do Norte?
A Coreia do Sul em seus muitos atos de propaganda contra o Norte, as vezes solta balões com bíblias no Norte da Coreia com a única intenção de manipular as mentes do resto do mundo. É até engraçado, porque a bíblia é um livro totalmente legal na RPDC e qualquer pessoa que queira, pode adquirir uma.

Existe alguma associação de cristãos na Coreia do Norte?
A resposta é sim, existe a Associação de Cristão da RPDC, tal como o nome diz, é uma associação formada por cristãos do país. Ademais é a que controla e organiza as igrejas.

Também existe a Associação de Católicas de Coreia e a Associação de Católicos Romanos.


Delegações estrangeiras de cristãos viajam para Coreia do Norte?
Muitas delegações de cristãs já viajaram para Coreia do Norte. Todas elas foram tratadas com respeito e cordialidade, com a mesma que recebem todas as pessoas e organizações que vem com boas intenções. Os meios de comunicação dizem que as delegações entram secretamente e são perseguidas, mas vamos ver que isso é totalmente falso. 

Nesse álbum temos fotos de delegações cristãs na Coreia e nenhuma delas tem objetivo político, seu único objetivo é de entrar em contato com os cristãos do país.










terça-feira, 7 de março de 2017

Glifosato: o veneno está em todo lugar:

Por Inês Castilho
O primeiro teste em alimentos para resíduos de glifosato realizado por laboratório registrado na Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) encontrou níveis alarmantes de contaminação em produtos dos mais tradicionais no país e mostrou o quão inadequada é a regulação dos resíduos de pesticidas. O estudo Glifosato: inseguro em qualquer prato, feito pelo laboratório de testes de segurança alimentar Aresco por solicitação do Food Democracy Now! e The Detox Project, reuniu também pesquisas independentes, realizadas em outros países, que chegaram aos mesmos resultados.
Glifosato é o herbicida mais consumido no mundo. O ingrediente ativo do Roundup da Monsanto é o “mata mato” mais pesadamente utilizado na agricultura industrial na história da humanidade – consequência da adoção generalizada de culturas transgênicas, hoje cultivadas em mais de 80% dos 70 milhões de hectares nos EUA e mais de 120 milhões de hectares em escala global. O Brasil cultivou uma área de 44,2 milhões de hectares de transgênicos na safra 2015-2016.
No meio urbano, o glifosato é usado na manutenção de gramados em parques, praças e condomínios. O mercado do herbicida foi avaliado em US$ 5,46 bilhões em 2012 e tem como meta chegar a US$ 8,79 bilhões até 2019.
INGESTÃO ‘ACEITÁVEL’
Os reguladores dos EUA consideram como Ingestão Diária Aceitável (IDA) de glifosato 1.75 miligramas por kilo do peso corporal (1.75 mg/kg/dia). Na União Europeia esse limite é de 0.3 mg/kg/dia. Esses níveis de tolerância foram definidos com base em estudos patrocinados pela próprias corporações fabricantes de agrotóxicos e mantidos em sigilo em nome do segredo industrial. Uma equipe de cientistas internacionais reclama um IDA muito mais baixo, de 0.025 mg/kg/dia – 12 vezes inferior ao definido atualmente na Europa e 70 vezes inferior ao permitido nos EUA.
A União Europeia aprovou sua comercialização até o fim de 2017, à espera das conclusões da Agência Europeia de Produtos Químicos, mas propôs restringir sua utilização em parques e outros espaços públicos. Uma campanha envolvendo organizações não governamentais de 15 países europeus luta para que essa permissão não seja renovada.
No Brasil o limite de ingestão é de 0.042 mg/Kg/dia, com um detalhe: o glifosato não está incluído nos testes da Anvisa para resíduos de agrotóxicos em alimentos, muito embora seja o mais consumido no país. Mais de 8 milhões de toneladas foram despejados nas terras brasileiras somente entre 2010 e 2014.
NOVAS EVIDÊNCIAS
As novas evidências científicas mostram que não há níveis seguros de glifosato para a saúde humana e animal. Os danos prováveis podem começar em níveis ultrabaixos, de 0.1 partes de glifosato por bilhão (ppb). Até mesmo 0.05 ppb podem provocam danos nos rins e fígado de ratos, pela alteração nas funções de 4.000 genes.
Os testes promovidos pela Food Democracy Now! revelaram que produtos alimentares muitos populares nos EUA e no mundo – como o salgadinho Doritos, da Pepsico, os flocos de milho da Kellogg’s e o biscoito Oreo, da Kraft Foods, por exemplo, muito consumidos também no Brasil – tiveram resultados entre 289,47 ppb e 1.125,3 ppb.
Danos causados pelo Glifosato/Roundup em números (ppb)
0,1 ppb: dano severo em órgãos de ratos
0,1 ppb: nível permitido de glifosato e todos os outros herbicidas na água de torneira na União Europeia
10 ppb: efeitos tóxicos no fígado de peixes
700 ppb: alterações em rins e fígado de ratos
700 ppb: nível permitido de glifosato na água de torneira dos EUA
11.900 ppb: encontrado em soja transgênica
1.125,3 ppb: encontrado na Cheerios da General Mills

AS DOENÇAS
Desordens gastrointestinais, obesidade, diabetes, doenças cardíacas, depressão, autismo, infertilidade, câncer, mal de Alzheimer, mal de Parkinson, intolerância ao glúten. A lista dos males atribuídos à ingestão de glifosato não para de crescer. O estudo detalha algumas delas.
Câncer. A despeito da insistência da Monsanto de que o glifosato é perfeitamente seguro, “mais que sal de mesa”, um número crescente de estudos revisados pela comunidade científica está encontrando ligações entre glifosato e câncer. Em março de 2015, a Agência de Pesquisa sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês) da Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou ser o glifosato “provável causador de câncer humano”. A decisão foi baseada em pesquisas de 17 especialistas em câncer de 11 países, que reuniu-se para avaliar a carcinogenicidade de cinco pesticidas. A revisão do glifosato levou o Parlamento Europeu a proibir seu uso não-comercial em áreas públicas e restringir seriamente o uso na agricultura. A Monsanto é alvo de várias ações judiciais nos EUA, com base em avaliações de que o glifosato é o agente causador de câncer em fazendeiros, trabalhadores rurais, aplicadores do pesticida e outras pessoas expostas a ele com frequência. Há preocupação especial com relação aos seguintes tipos de câncer: Linfoma Não Hodgkin, câncer de osso, câncer do cólon, câncer de rim, câncer de fígado, melanoma, câncer do pâncreas, câncer de tiroide.
Alterações hormonais. Um número crescente de evidências científicas aponta o glifosato como desregulador endócrino. Há mais de duas décadas estudos vêm mostrando que mesmo um baixo nível de exposição a certos produtos químicos, o glifosato entre eles, podem alterar a produção e recepção de hormônios vitais para o corpo, podendo causar problemas reprodutivos, aborto, reduzir a fertilidade e que a mudança nos níveis hormonais podem resultar no início prematuro da puberdade, obesidade, diabetes, problemas com a função imune e comportamentais, como déficit de atenção e hiperatividade.
Efeito bactericida. Enquanto a Monsanto continua a negar qualquer impacto na saúde humana e animal, novas pesquisas geram crescente preocupação quanto aos prováveis efeitos do glifosato no equilíbrio do microbioma gastrointestinal, ou bactérias intestinais benéficas, enquanto aumenta o número de espécies patogênicas, podendo levar a problemas de saúde como a síndrome do intestino irritável e a intolerância a glúten. Um estudo pioneiro da Nova Zelândia descobriu, em 2015, que a exposição contínua ao Roundup pode levar bactérias a se tornar resistentes a antibióticos, um problema crescente para a saúde humana e animal.
Doenças crônicas. Cientistas descobriram que pessoas cronicamente doentes têm níveis “significativamente mais altos de glifosato na urina do que pessoas saudáveis”. Verificaram também que as pessoas com dieta convencional têm muito mais resíduos de glifosato do que aquelas que se alimentam com comida orgânica.
IMERSOS EM VENENO
O estudo da Food Democracy Now! mostra que o uso generalizado de glifosato nos EUA levou o veneno a espalhar-se livremente pelo ambiente. Nos últimos anos, foram descobertos resíduos do veneno na água e alimentos consumidos no dia a dia, na urina humana, no leite materno e na cerveja, entre outras substâncias. Vale lembrar que a contaminação dos alimentos não pode ser removida pela lavagem e não é eliminada com cozimento, congelamento ou processamento da comida.
Os níveis de Roundup e outros herbicidas com glifosato usados no agronegócio dos EUA são hoje tão altos que o órgão de Pesquisa Geológica dos EUA (U.S. Geological Survey – USGS) encontrou o veneno em mais de 75% das amostras de água da chuva no Meio-Oeste do país. A pulverização aérea de Roundup leva o herbicida às culturas e também aos corpos d’água e também às nuvens, pela evaporação, e elas podem precipitar-se em locais muito distantes da aplicação. O número crescente de “ervas daninhas” resistentes ao glifosato está levando fazendeiros a usar mais e mais herbicida contra as “superervas daninhas”.
Com base nos resultados desse estudo, o Food Democracy Now! está solicitando investigação federal sobre os prováveis danos causados à saúde humana e ambiental pelo herbicida glifosato e sobre a relação entre reguladores e indústrias reguladas – que resultou nos níveis alarmantes do herbicida a que a população está exposta, como demonstra crescente número de estudos científicos.
O relatório conclui afirmando que o único modo de evitar a contaminação por glifosato é comer alimentos cultivados organicamente. “Um estudo publicado em 2014 na Revista de Pesquisa Ambiental confirmou que famílias que adotaram uma dieta de orgânicos removeram, em não mais que uma semana, 90% dos pesticidas do seu corpo, o que foi comprovado por testes de urina”.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Cinco assaltantes de banco tombam mortos após bater de frente com a PM/PRF em Pernambuco:

O caso ocorreu por volta das 03h30 da madrugada de hoje (02), onde três agências bancárias foram alvos da ação criminosa.
Levando reféns, o grupo fugiu em direção à Escada, na Mata Sul do estado, pela BR-101. Em uma área de matagal no município de Moreno, houve troca de tiros com a Polícia Militar. A perseguição policial contou com o apoio do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O grupo explodiu equipamentos do Banco do Brasil e do Itaú e invadiu ainda a agência da Caixa Econômica Federal (CEF). A quantia roubada não foi informada. A área foi isolada para a realização de perícia.
Há informações sobre a prisão de três suspeitos, apreensão de armas e explosivos e sobre a morte de cinco suspeitos durante troca de tiros. Os números, no entanto, ainda não são oficiais. Entre as armas encontradas estariam dois fuzis AR-15 e duas pistolas .40.




MPF denuncia prefeito por fraude de R$ 2 milhões em licitações

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra Gerson Rosa de Moraes, prefeito de Pontal do Araguaia (512 Km ao sul de Cuiabá), por fraude em licitações e desvio de recursos públicos. Dano causado ao erário chegou a quase R$ 2 milhões.
A denúncia é um desdobramento da Operação Atlântida, que descortinou a organização criminosa de empresas da região do Vale do Araguaia responsável por fraudar o caráter competitivo de licitações de obras civis e de pavimentação asfáltica, com recursos provenientes de convênios com o Governo Federal.
Dentre as formas que atuavam, as empresas supostamente concorrentes nos processos licitatórios firmavam acordos entre si para a fixação de preços, com o objetivo de impedir que nos processos licitatórios as propostas ficassem abaixo de um preço base, e direcionavam a licitação, de modo que houvesse uma definição prévia de quem venceria o certame.
Além dos empresários das empresas da organização criminosa, as fraudes tiveram apoio de colaboradores como prefeitos, servidores públicos das prefeituras envolvidas nas licitações e funcionários da Caixa Econômica Federal, responsáveis pela agilidade na tramitação dos processos no banco e pela liberação de recursos.
Gerson Rosa de Moraes é acusado de participar e beneficiar o esquema criminoso em sua gestão na prefeitura de Pontal do Araguaia (MT). O prefeito direcionou licitações em benefício da empresa Silgran Construções Ltda. por meio de regras restritivas e ilegais nos editais dos certames e proporcionou o desvio de recursos públicos por meio de superfaturamento e sobrepreço nas obras de pavimentação asfáltica, drenagem pluvial e drenagem superficial realizadas entre 2008 e 2010 no município.
Nas obras de pavimentação asfáltica, em três contratos firmados com a prefeitura, foi apurado que a empresa contratada realizou camadas de base e sub-base em espessuras bastante inferiores às projetadas, resultando em prejuízos muito significativos ao erário.
O MPF pede a condenação de Gerson nas penas previstas em lei, a perda de cargo, a inabilitação do denunciado para exercer cargo público por cinco anos e a reparação dos danos causados a União no valor de R$ 1.936.648,75. A denúncia aguarda recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Ex-prefeito de Goiatuba e mais 2 são presos suspeitos de desvio de verbas

 ex-prefeito de Goiatuba Fernando Carlos Vasconcelos, de 47 anos, foi preso suspeito de participar de um esquema de desvio de dinheiro público da cidade, que fica no sul do estado. Além dele, também foram detidos a advogada Renata Nascimento Araújo Pinto, de 27, e o contador Gilberto Francisco da Silva, de 45.
Segundo a Polícia Civil, as investigações sobre o crime de peculato, que é o desvio de verbas públicas, foram iniciadas no fim do ano passado. Os mandados de prisão temporária - de cinco dias - foram cumpridos na tarde de quarta-feira (8). Os suspeitos foram conduzidos para a delegacia de Goiatuba, onde são ouvidos pelo delegado Patrick Fernando Carniel.
Suspeita de desvio de verbas
Em abril do ano passado, quando ainda era prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos foi afastado da administração municipal por suspeita de transferir R$ 4,2 milhões do Instituto de Previdência dos Servidores do Município (Goiatubaprev) para os cofres da prefeitura.
Na época, a Câmara Municipal de Goiatuba acatou o pedido de afastamento de Vasconcelos. Assim, o então vice-prefeito Elionai Freitas Magalhães (DEM)  assumiu a administração.

Na ocasião, Vasconcelos negou as irregularidades e disse que foi  vítima de uma acusação injusta e de “cunho político”.



Fonte G1

Menina de 14 anos mata o pai com tiro de espingarda após ser estuprada

Uma adolescente de 14 anos matou o pai de 34 anos com um tiro de espingarda alegando que por dois anos foi abusada sexualmente, segundo a Polícia Militar (PM-AC). A morte teria ocorrido na noite de terça-feira (7), mas, somente nesta nesta quarta (8), a polícia se deslocou para atender a ocorrência no Ramal da Cachoeira, na zona rural de Tarauacá, distante 400 km da capital Rio Branco.
A Polícia Civil informou que a adolescente passou por um exame de conjunção carnal, onde o laudo médico comprovou o estupro. Conforme o órgão, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar apreendida. O inquérito do caso deve ser encaminhado para a Justiça. Ao chegar no local, a PM encontrou a adolescente com a mãe. A menor confessou o crime e afirmou que era abusada desde os 12 anos. Ela relatou à polícia que estava cansada de sofrer ameaças do pai ao lado dos irmãos e da mãe.
Na noite do crime, os pais da adolescente estariam bebendo e, por volta de 23h, a mãe da menor teria ido dormir, momento em que o pai pegou uma faca, foi até o local onde a jovem estava e a obrigou a manter relações sexuais com ele. O pai teria dito ainda que se a menor não cedesse ele mataria todos da família.
A adolescente relatou à polícia que resistiu. A mãe disse que acordou para ir ao banheiro e viu o pai violentando a filha. Nesse momento, o homem teria dito que iria matar todos para que não houvessem testemunhas do abuso. Os pais iniciaram uma luta corporal, a menor pegou uma espingarda e efetuou o disparo contra o pai. O corpo do homem chegou a ser transportado por vizinhos até a zona urbana, mas ele não resistiu.
José Carlos Bezerra, presidente do Conselho Tutelar de Tarauacá, informou que a menina ainda estava prestando depoimento na delegacia, mas que já haviam tomado conhecimento do caso e aguardavam o encaminhamento dela para que tomassem as medida necessárias. “Ela vai precisar de acompanhamento psicológico e também vamos ver para onde deve ser encaminhada e como vamos dar assistência à ela”, explicou. Fonte: G1.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Funkeira famosa teria cometido suicídio e carta chocante aparece

De acordo com informações do site O TV Foco, novas informações sobre uma morte polêmica apareceram. Ao que tudo indica, a funkeira e socialite Heloísa Faissol realmente cometeu suicídio. Ela ficou conhecida por ter participado da quarta temporada de 'A Fazenda'. No reality show, ela ficou na terceira colocação da competição e marcou sua presença por muitos barracos. Heloísa foi encontrada morta, em seu apartamento, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Quem encontrou o cadáver foi o filho dela, de dezenove anos, que não falava com a mãe desde domingo.
Uma carta suicida, com a despedida da funkeira, estava no cômodo onde foi encontrado o corpo dela. De acordo com informações do site especializado em celebridades, a família não quer que o conteúdo seja completamente publicado, mas um trecho do texto acabou vazando e chocou os fãs da artista. No texto, a profissional da dramaturgia dizia que não "aguentava mais viver nesse mundo". A família revela que a socialite já tinha há anos um quadro de depressão e que nos últimos tempos isso piorou. Ninguém, no entanto, poderia acreditar que ela fosse atentar para a própria vida.
De acordo com informações do programa SBT Rio, a polícia carioca acredita que o corpo da funkeira já estava sem vida há dias. Há expectativa é que o falecimento tenha ocorrido no dia 29, mas a falta de contato demorou a ser sentida. A polícia ainda não confirma com 100% de certeza se foi mesmo um suicídio o que ocorreu. Isso porque ainda é necessário esperar uma avaliação dos peritos. Até, por isso, a família da ex-participante de 'A Fazenda' foi proibida de fazer a cremação do corpo da famosa. Ela teve que ser enterrada. A despedida ocorreu no fim de semana, no cemitério Memorial do Carmo, localizado na região Central da cidade.
Heloisa Faissol tinha quarenta e seis anos, era separada do dentista Rene Gerdes e tinha um filho com ele, o jovem José Arthur, que encontrou o cadáver da mãe. Câmeras de segurança e a porta do apartamento da famosa não mostraram sinais de arrombamento.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Homem prestes a ser esquartejado e decapitado por traficantes é resgatado de cativeiro pela polícia

Policiais militares chegaram a tempo de impedir que um homem de 30 anos aproximadamente fosse esquartejado e decapitado por traficantes de droga do bairro Rio Piorini, na Zona Norte de Manaus.
O resgate do homem foi realizado na tarde de domingo, 5. Ele estava em uma cabana dentro da mata que era usada como cativeiro, onde ele já estava amarrado em cima de uma poça de lama, sendo torturado até momentos antes dos policais chegarem ao local.

Pedaços da orelha e um dos dedos da mão direita já haviam sido cortados pelos traficantes, que suspeiutavam que ele era informante da polícia.
Os traficantes conseguiram fugir do local porque deixaram um “olheiro” na entrada da pista que leva ao local conhecido como “Buritizal” e todos foram avisados de que a polícia estava chegando.
O homem foi encontrado sentado na poça de lama, com as mãos amarradas para trás, e depois de resgtatado, ele foi medicado no local pela equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).
Os policiais fizeram uma “varredura” em um bom trecho da mata mas não encontraram nenhum dos suspeitos.
O caso foi registrado e está dendo investigado pelo 4º Distrito Integrado de Policia, onde o homem foi ouvido e revelou os nomes dos traficantes implicados em seu sequestro no começo da tarde de domingo.

Fonte: Portal do Zacarias

IMAGENS FORTES! ASSALTANTES MATAM DUAS MULHERES E UM DELES MORRE DURANTE PERSEGUIÇÃO POLICIAL

A microempresária Josane Maria Almeida da Silva, 39, morreu na hora com um tiro na cabeça, e a mulher com quem ela vivia, Ana Paula da Silva Pereira, 39, foi socorrida com vida, mas faleceu durante a madrugada, também com um tiro na cabeça, no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.
Elas chegavam a sua residência, localizada na Avenida Costa e Silva, bairro do Crespo, Zona Sul, por volta das 21 horas de ontem, segunda-feira, quando dois homens armados com revólveres chegaram a pé e anunciaram um assalto, com intuito de roubar a motocicleta dirigida por Josane.
De acordo com testemunhas, a microempresária tentou sair em fuga na motocicleta com Ana Paula ainda na garupa, mas foram baleadas pelos dois homens.
Os assaltantes subiram à motocicleta e saíram em disparada do local, mas bateram na traseira de um caminhão e um deles morreu na hora com traumatismo craniano, quando já estavam sendo perseguidos por uma guarnição da Polícia Militar.
O outro assaltante, agonizando, foi levado do local para o Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde permanecia na sala de operações até o começo da manhã desta terça-feira.
A polícia confirmou que o episódio no bairro do Crespo tratou-se de uma tentativa de assalto que terminou de forma trágica e fatal para as duas mulheres que viviam em união estável e também resultou na morte de um dos assaltantes, que ainda não estava identificado no Instituto Médico Legal, até às 10h30.
Josane Maria e Ana Paula, que também trabalhavam na mesma loja, e de acordo com informações de seus amigos, viviam juntas havia cerca de um ano, trabalhando com a venda de confecções. Elas chegavam todas as noites no mesmo horário, e a polícia acredita que os assaltantes já vinham estudando a rotina das duas mulheres.
Os corpos das mulheres foram liberados para os familiares realizarem o velório, por volta das 09h, e o cadáver do assaltante que morreu no acidente continuava na sala de necropsia sem nenhuma identificação.
IMAGENS FORTES:


 

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Acidente com carreta-tanque de produtos químicos fecha a BR-116 em Dom Cavati



A BR-116 foi fechada nos dois sentidos, no KM 485 da BR-116, em Dom Cavati, por causa de um acidente que envolveu uma carreta-tanque, que transportava um produto altamente inflamável e tóxico. 
A Rodoviária Federal (PRF) e Corpo de Bombeiros informaram, na tarde de ontem, domingo, que o tráfego teve que ser fechado por causa do vazamento da substância, cuja ficha técnica requer isolamento em um raio de 300 metros. 
Segundo a PRF, o acidente ocorreu por volta das 14h. O veículo saiu da pista e ficou pendurado às margens da rodovia. Conforme o Corpo e Bombeiros de Caratinga, o motorista se queixou de dor em uma das pernas e foi levado por populares para o Hospital de Inhapim. Pessoas que se aproximaram do local do acidente reclamaram de asfixia e ardência nos olhos. 

carreta-tanque transportava estireno monômero estabilizado, líquido altamente inflamável e asfixiante. Por isso, a área foi isolada em um raio de 300 metros, com o fechamento da pista nos dois sentidos da rodovia. 

PRF informa que serão necessários dois dias para a retirada do material que vazou da carreta. A orientação é de que os motoristas em direção a Caratinga façam um desvio até Ipatinga, pegando a BR-381 e depois a BR-458 para voltarem à BR-116 rumo a Caratinga ou ao Rio de Janeiro. 
Para quem trafega sentido a Governador Valadares a alternativa é pegar a BR-458 sentido a Ipatinga e depois a BR-381 Norte. 
Motoristas de carros de pequeno porte passaram a utilizar uma estrada vicinal, paralela à BR-116, para evitar o local do bloqueio. Entretanto, a estrada é precária e ficou congestionada por causa do tráfego intenso.