segunda-feira, 18 de abril de 2016

ASSALTO NA CIDADE DE PEDREIRAS, MARANHÃO

Um assalto a um funcionário de uma casa lotérica localizada na cidade de Pedreiras, distante a 229 Km de São Luís, foi registrado no início da tarde desta segunda-feira (18). Uma dupla armada que estava numa moto Bros abordou a vítima que se dirigia à agência da Caixa Econômica Federal localizada à Avenida Rio Branco, centro da cidade, com um malote de dinheiro que seria a renda da lotérica.
Os bandidos levaram o malote na chegada à CEF, mas a quantia roubada ainda não foi divulgada. Segundo informações preliminares de testemunhas que presenciaram a ação criminosa, houve disparos de arma de fogo feito por um dos marginais na hora da fuga. Ninguém foi ferido. Policiais militares foram acionados, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

Terremoto no Equador

"Começou com um barulho e era como se o chão subisse, foi terrível. As ruas estão destruídas. Não há luz e o telefone não está funcionando."
Estas são as palavras de Ramón Solórzano, comerciante de 46 anos da cidade de Manta, no Equador. Ele foi ouvido pela agência de notícias Reuters.
"Estávamos reunidos na casa de um amigo e começou a tremer. Nos refugiamos nos arcos da casa e alguns foram para fora. Durou um bom tempo", disse Pepita de Lucca ao jornal El Comercio.
"Estamos aqui esperando as réplicas, a luz vem e volta, sentimos muito (o tremor). Foram quase dois minutos."
Mais ao sul, na cidade de Guayaquil, a segunda maior cidade do Equador, o terremoto também foi sentido com força.
Rodrigo Buendía/AFP
Moradores de Pedernales ajudam a mover destroços em busca de sobreviventes
María Jaramillo estava trabalhando em um hotel da cidade.
"As pessoas estavam descontroladas, fugindo, vidros quebrando, pedaços do teto caindo, todos nervosos...saímos descalços pela rua", disse ela à agência Reuters.

Número de vítimas

O terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país na noite de sábado.
"Tudo pode ser reconstruído, a não ser as vidas perdidas e isso é o que mais dói", disse o presidente do país, Rafael Correa.
O terremoto causou ao menos 272 mortes e deixou mais de 2 mil feridos.
O vice-presidente, Jorge Glas, disse no domingo que este "número, inevitavelmente, vai aumentar.

Acidente deixa um morto e outro gravemente ferido na BR-116

Um grave acidente no final da noite de domingo (17) deixou um homem morto e outro gravemente ferido. A colisão aconteceu no quilômetro 40 da BR-116 na pista sentido São Paulo em Campina Grande do Sul, quando um caminhão carregado de frios não venceu fazer uma curva e colidiu contra a mureta de proteção. No impacto a carga tombou para o canteiro central. Já a cabine onde estava o motorista foi prensada contra a mureta e arrastou por cerca de 50 metros. No impacto o motorista de aproximadamente 40 anos morreu na hora.O motorista de um caminhão carregado que seguia logo atrás se assustou com o acidente e freou bruscamente para evitar o impacto. Um outro motorista que seguia atrás não conseguiu frear a tempo e colidiu na traseira do caminhão a frente. Ele acabou ficando preso nas ferragens.Socorristas da concessionária que administra o trecho e homens do Corpo de Bombeiros prestaram socorro ao motorista que ficou preso pelas pernas nas ferragens. Ele foi socorrido e encaminhado a um hospital em estado grave.Os bombeiros tiveram muito trabalho para retirar o corpo do motorista da cabine que ficou completamente destruída. O trânsito na pista sentido São Paulo ficou parado por cerca de três horas.



Adolescente encontrada com sinais de tortura morreu

Uma adolescente de 14 anos morreu após ter sido encontrada com sinais de tortura dentro de sua própria casa no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. O caso ocorreu neste sábado por volta de 13h30 da tarde. A mãe da vítima, Soraya Silva Oliveira, de 45, contou que Ana Beatriz Andrade estava com as mãos e os pés amarrados e amordaçada. A menina chegou a ser socorrida para o Hospital federal do Andaraí, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos.
Soraya esteve na manhã deste domingo no Instituto Médico Legal (IML), no Centro do Rio, e contou que viu sua filha amarrada de bruços na cama, quando voltava do trabalho. Bastante emocionada, Soraya lembrou que o sonho de Ana era ajuda-la a construir uma vida melhor.
- Eu cheguei em casa e estava tudo trancado. Achei estranho. Subi pela janela e vi minha filha amarrada na cama. Chamei vizinhos que me ajudaram a derrubar a porta. Ela estava com as mãos e os pés amarrados e amordaçada. Nunca deixo a minha filha sozinha. Quando deixei, aconteceu isso - disse, emocionada, Soraya.
Ana Beatriz era filha única e cursava o 8º ano. A adolescente estava esperando ser convocada para o programa Jovem Aprendiz.
De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), policiais da UPP Macacos foram acionados por moradores para checar a denúncia. Ao chegar na localidade conhecida como Lote, os agentes encontraram Ana Beatriz Andrade amarrada e amordaçada.
A Divisão de Homicídios (DH) está investigando o caso. Segundo a Polícia Civil, foi instaurado procedimento para apurar as circunstâncias da morte da adolescente. Diligências estão sendo realizadas para esclarecer o fato e identificar o autor do crime.
Leia na íntegra a nota do CPP:
“Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Macacos, no início da tarde deste sábado (16/4), policiais da unidade foram acionados por moradores para verificar a informação de uma adolescente com sinais de tortura em um casa na localidade conhecida como Lote. No local, os agentes encontraram a vítima amarrada e amordaçada. Ela foi socorrida para o Hospital Federal do Andaraí, mas não resistiu ao ferimentos. A Divisão de Homicídios foi acionada para investigar o caso”.
Leia na íntegra a nota da Polícia Civil:
“Segundo informações da Divisão de Homicídios - Capital, na data de ontem, 16 de abril, equipes da DH dirigiram-se ao local da morte de uma adolescente na Comunidade dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte da cidade. Perícia foi realizada, e foi efetuado um amplo trabalho de investigação no local do crime, visando apurar de forma detalhada as circunstâncias do fato, assim como identificar o autor do crime.”

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Os Ricos: Pequena elite que não paga impostos

Os brasileiros super-ricos pagam menos imposto, na proporção da sua renda, que um cidadão típico de classe média alta, sobretudo assalariado, o que viola o princípio da progressividade tributária, segundo o qual o nível de tributação deve crescer com a renda.Essa é uma das conclusões de artigo publicado em dezembro pelo Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG), vinculado ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).O estudo, que analisou dados de Imposto de Renda referentes ao período de 2007 a 2013, mostrou que os brasileiros “super-ricos” do topo da pirâmide social somam aproximadamente 71 mil pessoas (0,05% da população adulta), que ganharam, em média, 4,1 milhões de reais em 2013.De acordo com o levantamento, esses brasileiros pagam menos imposto, na proporção de sua renda, que um cidadão de classe média alta. Isso porque cerca de dois terços da renda dos super-ricos está isenta de qualquer incidência tributária, proporção superior a qualquer outra faixa de rendimento.
“O resultado é que a alíquota efetiva média paga pelos super-ricos chega a apenas 7%, enquanto a média nos estratos intermediários dos declarantes do imposto de renda chega a 12%”, disseram os autores do artigo, Sérgio Gobetti e Rodrigo Orair, que também são pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).
Essa distorção deve-se, principalmente, a uma peculiaridade da legislação brasileira: a isenção de lucros e dividendos distribuídos pelas empresas a seus sócios e acionistas. Dos 71 mil brasileiros super-ricos, cerca de 50 mil receberam dividendos em 2013 e não pagaram qualquer imposto por eles.Além disso, esses super-ricos beneficiam-se da baixa tributação sobre ganhos financeiros, que no Brasil varia entre 15% e 20%, enquanto os salários dos trabalhadores estão sujeitos a um imposto progressivo, cuja alíquota máxima de 27,5% atinge níveis muito moderados de renda (acima de 4,7 mil reais, em 2015).
“Os dados revelam que o Brasil é um país de extrema desigualdade e também um paraíso tributário para os super-ricos, combinando baixo nível de tributação sobre aplicações financeiras, uma das mais elevadas taxas de juros do mundo e uma prática pouco comum de isentar a distribuição de dividendos de imposto de renda na pessoa física”, disseram os pesquisadores.
A justificativa para tal isenção é evitar que o lucro, já tributado na empresa, seja novamente taxado quando se converte em renda pessoal. No entanto, essa não é uma prática frequente em outros países do mundo.
“Entre os 34 países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que reúne economias desenvolvidas e algumas em desenvolvimento, apenas três isentavam os dividendos até 2010”, disseram os pesquisadores, citando México, Eslováquia e Estônia.
Contudo, o México retomou a taxação em 2014 e a Eslováquia instituiu em 2011 uma contribuição social para financiar a saúde. Restou somente a Estônia, pequeno país que adotou uma das reformas pró-mercado mais radicais do mundo após o fim do domínio soviético nos anos 1990 e que, como o Brasil, dá isenção tributária à principal fonte de renda dos mais ricos.Em média, a tributação total do lucro (somando pessoa jurídica e pessoa física) chega a 48% nos países da OCDE (sendo 64% na França, 48% na Alemanha e 57% nos Estados Unidos). No Brasil, com as isenções de dividendos e outros benefícios tributários, essa taxa cai abaixo de 30%.Além disso, o estudo concluiu que o Brasil possui uma elevada carga tributária para os padrões das economias em desenvolvimento, por volta de 34% do Produto Interno Bruto (PIB), equivalente à média dos países da OCDE.
Mas, diferentemente desses países — nos quais a parcela da tributação que recai sobre bens e serviços é residual, cerca de um terço do total, e há maior peso da tributação sobre renda e patrimônio — cerca de metade da carga brasileira provém de tributos sobre bens e serviços, o que, proporcionalmente, oneram mais a renda dos mais pobres.

POLICIA INVESTIGA MORTE DE PRESO EM PRESÍDIO DE CODÓ, MARANHÃO

Polícia investiga a morte do preso  Jucelino Farias dos Santos, de 24 anos, popular "CEBINHO" ocorrida na madrugada desta sexta-feira, 15, no presídio de Codó.
De acordo com o delegado regional, Zilmar Santana, ouvido pelo blogdoacelio, Jucelino estava numa cela  de 15 presos.
Preliminarmente os ex-companheiros da vítima contaram que não perceberam qualquer movimentação estranha e que já teriam acordado com a cena de enforcamento no ambiente prisional.
O  corpo segue para uma perícia no IML de  Timon, mas o delegado já parece convencido da tese de suicídio.
“As características que os policiais civis identificaram no local são compatíveis com a descrição de um crime de suicídio, não haviam marcas no corpo de luta corporal que fizesse crer que ele tenha sido forçado àquilo, ele também apresentava língua para fora bastante roxeada, que também é outra característica do suicídio, mas é prematuro essa conclusão haja vista que ainda tá pendente o exame do corpo de delito do ofendido”, esclareceu
JUCELINO FARIAS DOS SANTOS, que foi descoberto enforcado com uma corda de nylon usada para armar rede dentro das celas, cumpria  pena por crime de homicídio praticado na cidade de Timbiras que teve como vitima a pessoa de Raimundo Nonato de A. Mendes, Vulgo "Netinho". O homicídio este foi realizado no dia 14 de agosto de 2015 em frente ao Clube Arizona no Bairro Anjo da Guarda em Timbiras.

RELEMBRE O CASO:

Um homicídio foi registrado na madrugada desta sexta-feira (14), o assassinato foi no bairro Anjo da Guarda. As primeiras informações que chegaram em nossa central de noticia é que um homem identificado pelo apelido de "CEBINHO", atirou na vitima identificado por "NETINHO FILHO DO NEGÃO DA GLACIAL".

Segundo ainda a testemunha que nos ligou, a confusão foi em uma festa que estava sendo realizada em um clube no bairro Anjo da Guarda, e que já era um rixa entre eles, recentemente no ultimo dia 18 de julho, eles já haviam se encontrado em uma outra festa no centro da cidade, onde o Netinho e um outro amigo tinha sido cortado pelo Cebinho.

Segundo nos foi repassado pela testemunha, o Cebinho atirou nas costas de Netinho com um disparo de umaGARRUCHA, a vitima ainda foi levada para o (HGT) mais não resistiu e veio a óbito minutos depois, a qualquer momento mais informações sobre esse assassinato.


COMPRARAM DROGAS EM CALDAS NOVAS PARA VENDEREM EM BURITI ALEGRE

Nesta última quinta-feira (14) policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Itumbiara prenderam dois homens por tráfico de drogas quando retornavam da cidade de Caldas Novas (165 km de Goiânia). De acordo com a Polícia Civil, os agentes coordenados pelo delegado Rogério Moreira estavam investigando o tráfico de drogas no Sul do Estado de Goiás e durante diligências prenderam a dupla identificada como Gleile Silva de 39 anos e Auleones da Silva Pires de 22 anos que eram pai e filho. Os indivíduos foram localizados quando chegavam na cidade de Buriti Alegre onde moravam e a dupla estava em um veículo Citroën C3 que teria vindo de Caldas Novas em poder da droga que fracionadas renderiam cerca de 500 pedras de crack. Segundo investigações que duraram 15 dias, as drogas seriam distribuídas aos jovens de Buriti Alegre. Em seguida os agentes ainda foram até a residência dos acusados e apreenderam dinheiro, produtos para embalar a droga e duas balanças de precisão utilizadas para fracionar o crack além do veículo utilizado no transporte. Diante dos fatos, pai e filho foram conduzidos à sede do GENARC onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Posteriormente foram encaminhados ao presídio de Buriti Alegre onde permanecem à disposição do Poder Judiciário.
Fonte: Polícia Civil de Itumbiara

Novo inquérito contra Eduardo Cunha por propina de R$ 52 milhões

Em delação premiada à Procuradoria-Geral da República, na Operação Lava Jato, o empresário Ricardo Pernambuco Júnior, da Carioca Engenharia, entregou aos investigadores uma tabela que aponta 22 depósitos somando US$ 4.680.297,05 em propinas supostamente pagas ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entre 10 de agosto de 2011 e 19 de setembro de 2014.
Segundo o empreiteiro, empresas relacionadas às obras do Porto Maravilha, no Rio, deveriam pagar R$ 52 milhões ou 1,5% do valor total dos Certificados de Potencial de Área Construtiva (Cepac) a Eduardo Cunha. A parte que caberia à Carioca era de R$ 13 milhões.
O maior repasse ocorreu em 26 de agosto de 2013 no valor de US$ 391 mil depositados em conta do peemedebista no banco suíço Julius Baer. Em 2011 foram quatro depósitos, somando US$ 1,12 milhão. Em 2012, Eduardo Cunha recebeu só dessa fonte outros US$ 1,34 milhão divididos em seis depósitos. A tabela revela que em 2013 o deputado – que ainda não exercia a presidência da Casa -, foi contemplado com mais seis depósitos, totalizando US$ 1,409 milhão. Já em 2014, Eduardo Cunha recebeu outros seis depósitos que somaram US$ 804 mil.

Capa do New York Times: “Gang de ladrões vai julgar Dilma”

Um corrupto de marca maior, já comprovado, continua a frente do Congresso Nacional. O futuro do Brasil esta em jogo, mas deputados dos mais variados partidos fazem um leilão de seu voto, alguns fazem enquete na internet pra saber como será seu voto, outros trocam de posição por minuto e a grande mídia marca a votação do futuro do Brasil, como se fosse uma grande decisão de campeonato. A Rede Globo e políticos como estes transformam o Brasil aos olhos do mundo numa “república de bananas”.
Deputado Estadual Adão Villaverde reproduziu a capa e a matéria do NYT de hoje no seu Perfil do Facebook. Só espero que os Deputados Federais tenham a sensatez de não concluírem este Golpe contra o Brasil. O GOLPE não é contra o PT, a Dilma ou Lula. Este Golpe é contra o Brasil!!!

Em Monte Alegre, Pernambuco, homem mata irmã e deixa ex-esposa baleada

Um homem identificado apenas como “Rato segurança”, é o principal suspeito de matar uma mulher e ferir outra na noite desta quinta-feira (14) na cidade de Monte Alegre. A mulher que não resistiu, é irmã do suspeito.

Segundo populares ao 190rn, o suspeito atirou nas duas mulheres. A irmã dele morreu na hora, já a outra mulher, ex-esposa do suspeito, foi baleada e socorrida ao Hospital. O suspeito se evadiu do local e está sendo procurado pela Polícia. As motivações para o crime ainda são desconhecidas da Polícia Civil que irá investigar o caso.