sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Ex-prefeito de Goiatuba e mais 2 são presos suspeitos de desvio de verbas

 ex-prefeito de Goiatuba Fernando Carlos Vasconcelos, de 47 anos, foi preso suspeito de participar de um esquema de desvio de dinheiro público da cidade, que fica no sul do estado. Além dele, também foram detidos a advogada Renata Nascimento Araújo Pinto, de 27, e o contador Gilberto Francisco da Silva, de 45.
Segundo a Polícia Civil, as investigações sobre o crime de peculato, que é o desvio de verbas públicas, foram iniciadas no fim do ano passado. Os mandados de prisão temporária - de cinco dias - foram cumpridos na tarde de quarta-feira (8). Os suspeitos foram conduzidos para a delegacia de Goiatuba, onde são ouvidos pelo delegado Patrick Fernando Carniel.
Suspeita de desvio de verbas
Em abril do ano passado, quando ainda era prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos foi afastado da administração municipal por suspeita de transferir R$ 4,2 milhões do Instituto de Previdência dos Servidores do Município (Goiatubaprev) para os cofres da prefeitura.
Na época, a Câmara Municipal de Goiatuba acatou o pedido de afastamento de Vasconcelos. Assim, o então vice-prefeito Elionai Freitas Magalhães (DEM)  assumiu a administração.

Na ocasião, Vasconcelos negou as irregularidades e disse que foi  vítima de uma acusação injusta e de “cunho político”.



Fonte G1

Menina de 14 anos mata o pai com tiro de espingarda após ser estuprada

Uma adolescente de 14 anos matou o pai de 34 anos com um tiro de espingarda alegando que por dois anos foi abusada sexualmente, segundo a Polícia Militar (PM-AC). A morte teria ocorrido na noite de terça-feira (7), mas, somente nesta nesta quarta (8), a polícia se deslocou para atender a ocorrência no Ramal da Cachoeira, na zona rural de Tarauacá, distante 400 km da capital Rio Branco.
A Polícia Civil informou que a adolescente passou por um exame de conjunção carnal, onde o laudo médico comprovou o estupro. Conforme o órgão, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar apreendida. O inquérito do caso deve ser encaminhado para a Justiça. Ao chegar no local, a PM encontrou a adolescente com a mãe. A menor confessou o crime e afirmou que era abusada desde os 12 anos. Ela relatou à polícia que estava cansada de sofrer ameaças do pai ao lado dos irmãos e da mãe.
Na noite do crime, os pais da adolescente estariam bebendo e, por volta de 23h, a mãe da menor teria ido dormir, momento em que o pai pegou uma faca, foi até o local onde a jovem estava e a obrigou a manter relações sexuais com ele. O pai teria dito ainda que se a menor não cedesse ele mataria todos da família.
A adolescente relatou à polícia que resistiu. A mãe disse que acordou para ir ao banheiro e viu o pai violentando a filha. Nesse momento, o homem teria dito que iria matar todos para que não houvessem testemunhas do abuso. Os pais iniciaram uma luta corporal, a menor pegou uma espingarda e efetuou o disparo contra o pai. O corpo do homem chegou a ser transportado por vizinhos até a zona urbana, mas ele não resistiu.
José Carlos Bezerra, presidente do Conselho Tutelar de Tarauacá, informou que a menina ainda estava prestando depoimento na delegacia, mas que já haviam tomado conhecimento do caso e aguardavam o encaminhamento dela para que tomassem as medida necessárias. “Ela vai precisar de acompanhamento psicológico e também vamos ver para onde deve ser encaminhada e como vamos dar assistência à ela”, explicou. Fonte: G1.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Funkeira famosa teria cometido suicídio e carta chocante aparece

De acordo com informações do site O TV Foco, novas informações sobre uma morte polêmica apareceram. Ao que tudo indica, a funkeira e socialite Heloísa Faissol realmente cometeu suicídio. Ela ficou conhecida por ter participado da quarta temporada de 'A Fazenda'. No reality show, ela ficou na terceira colocação da competição e marcou sua presença por muitos barracos. Heloísa foi encontrada morta, em seu apartamento, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Quem encontrou o cadáver foi o filho dela, de dezenove anos, que não falava com a mãe desde domingo.
Uma carta suicida, com a despedida da funkeira, estava no cômodo onde foi encontrado o corpo dela. De acordo com informações do site especializado em celebridades, a família não quer que o conteúdo seja completamente publicado, mas um trecho do texto acabou vazando e chocou os fãs da artista. No texto, a profissional da dramaturgia dizia que não "aguentava mais viver nesse mundo". A família revela que a socialite já tinha há anos um quadro de depressão e que nos últimos tempos isso piorou. Ninguém, no entanto, poderia acreditar que ela fosse atentar para a própria vida.
De acordo com informações do programa SBT Rio, a polícia carioca acredita que o corpo da funkeira já estava sem vida há dias. Há expectativa é que o falecimento tenha ocorrido no dia 29, mas a falta de contato demorou a ser sentida. A polícia ainda não confirma com 100% de certeza se foi mesmo um suicídio o que ocorreu. Isso porque ainda é necessário esperar uma avaliação dos peritos. Até, por isso, a família da ex-participante de 'A Fazenda' foi proibida de fazer a cremação do corpo da famosa. Ela teve que ser enterrada. A despedida ocorreu no fim de semana, no cemitério Memorial do Carmo, localizado na região Central da cidade.
Heloisa Faissol tinha quarenta e seis anos, era separada do dentista Rene Gerdes e tinha um filho com ele, o jovem José Arthur, que encontrou o cadáver da mãe. Câmeras de segurança e a porta do apartamento da famosa não mostraram sinais de arrombamento.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Homem prestes a ser esquartejado e decapitado por traficantes é resgatado de cativeiro pela polícia

Policiais militares chegaram a tempo de impedir que um homem de 30 anos aproximadamente fosse esquartejado e decapitado por traficantes de droga do bairro Rio Piorini, na Zona Norte de Manaus.
O resgate do homem foi realizado na tarde de domingo, 5. Ele estava em uma cabana dentro da mata que era usada como cativeiro, onde ele já estava amarrado em cima de uma poça de lama, sendo torturado até momentos antes dos policais chegarem ao local.

Pedaços da orelha e um dos dedos da mão direita já haviam sido cortados pelos traficantes, que suspeiutavam que ele era informante da polícia.
Os traficantes conseguiram fugir do local porque deixaram um “olheiro” na entrada da pista que leva ao local conhecido como “Buritizal” e todos foram avisados de que a polícia estava chegando.
O homem foi encontrado sentado na poça de lama, com as mãos amarradas para trás, e depois de resgtatado, ele foi medicado no local pela equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).
Os policiais fizeram uma “varredura” em um bom trecho da mata mas não encontraram nenhum dos suspeitos.
O caso foi registrado e está dendo investigado pelo 4º Distrito Integrado de Policia, onde o homem foi ouvido e revelou os nomes dos traficantes implicados em seu sequestro no começo da tarde de domingo.

Fonte: Portal do Zacarias

IMAGENS FORTES! ASSALTANTES MATAM DUAS MULHERES E UM DELES MORRE DURANTE PERSEGUIÇÃO POLICIAL

A microempresária Josane Maria Almeida da Silva, 39, morreu na hora com um tiro na cabeça, e a mulher com quem ela vivia, Ana Paula da Silva Pereira, 39, foi socorrida com vida, mas faleceu durante a madrugada, também com um tiro na cabeça, no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.
Elas chegavam a sua residência, localizada na Avenida Costa e Silva, bairro do Crespo, Zona Sul, por volta das 21 horas de ontem, segunda-feira, quando dois homens armados com revólveres chegaram a pé e anunciaram um assalto, com intuito de roubar a motocicleta dirigida por Josane.
De acordo com testemunhas, a microempresária tentou sair em fuga na motocicleta com Ana Paula ainda na garupa, mas foram baleadas pelos dois homens.
Os assaltantes subiram à motocicleta e saíram em disparada do local, mas bateram na traseira de um caminhão e um deles morreu na hora com traumatismo craniano, quando já estavam sendo perseguidos por uma guarnição da Polícia Militar.
O outro assaltante, agonizando, foi levado do local para o Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde permanecia na sala de operações até o começo da manhã desta terça-feira.
A polícia confirmou que o episódio no bairro do Crespo tratou-se de uma tentativa de assalto que terminou de forma trágica e fatal para as duas mulheres que viviam em união estável e também resultou na morte de um dos assaltantes, que ainda não estava identificado no Instituto Médico Legal, até às 10h30.
Josane Maria e Ana Paula, que também trabalhavam na mesma loja, e de acordo com informações de seus amigos, viviam juntas havia cerca de um ano, trabalhando com a venda de confecções. Elas chegavam todas as noites no mesmo horário, e a polícia acredita que os assaltantes já vinham estudando a rotina das duas mulheres.
Os corpos das mulheres foram liberados para os familiares realizarem o velório, por volta das 09h, e o cadáver do assaltante que morreu no acidente continuava na sala de necropsia sem nenhuma identificação.
IMAGENS FORTES:


 

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Acidente com carreta-tanque de produtos químicos fecha a BR-116 em Dom Cavati



A BR-116 foi fechada nos dois sentidos, no KM 485 da BR-116, em Dom Cavati, por causa de um acidente que envolveu uma carreta-tanque, que transportava um produto altamente inflamável e tóxico. 
A Rodoviária Federal (PRF) e Corpo de Bombeiros informaram, na tarde de ontem, domingo, que o tráfego teve que ser fechado por causa do vazamento da substância, cuja ficha técnica requer isolamento em um raio de 300 metros. 
Segundo a PRF, o acidente ocorreu por volta das 14h. O veículo saiu da pista e ficou pendurado às margens da rodovia. Conforme o Corpo e Bombeiros de Caratinga, o motorista se queixou de dor em uma das pernas e foi levado por populares para o Hospital de Inhapim. Pessoas que se aproximaram do local do acidente reclamaram de asfixia e ardência nos olhos. 

carreta-tanque transportava estireno monômero estabilizado, líquido altamente inflamável e asfixiante. Por isso, a área foi isolada em um raio de 300 metros, com o fechamento da pista nos dois sentidos da rodovia. 

PRF informa que serão necessários dois dias para a retirada do material que vazou da carreta. A orientação é de que os motoristas em direção a Caratinga façam um desvio até Ipatinga, pegando a BR-381 e depois a BR-458 para voltarem à BR-116 rumo a Caratinga ou ao Rio de Janeiro. 
Para quem trafega sentido a Governador Valadares a alternativa é pegar a BR-458 sentido a Ipatinga e depois a BR-381 Norte. 
Motoristas de carros de pequeno porte passaram a utilizar uma estrada vicinal, paralela à BR-116, para evitar o local do bloqueio. Entretanto, a estrada é precária e ficou congestionada por causa do tráfego intenso.


Suspeitos de roubo a carro morrem em troca de tiros com a Rota na Zona Sul

Suspeitos de roubar um carro foram mortos durante uma troca de tiros com a polícia, na tarde deste domingo (5), em Cidade Ademar, na Zona Sul de São Paulo. Segundo Polícia Militar, três homens estavam em um veículo roubado e foram abordados por oficiais da Rota – Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar – grupo de elite da Polícia Militar. Ainda de acordo com a corporação, os suspeitos atiraram contra os policiais, que revidaram e alvejaram os rapazes. Os três morreram no local. Na perseguição, o carro bateu em um semáforo e às 19h, a Avenida Cupecê estava totalmente bloqueada na altura do número 4700. Parentes dos jovens mortos dizem que eles não estavam armados e acusam os policiais militares de execução. "Meu irmão gritou: me rendo, me rendo, me rendo.. pode me levar preso, os policias já começaram a dar tiro. Se meu irmão deitou e falou: "se rendi" por quê não levou preso?", questionou uma mulher que não pôde se identificar.Caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).




Jovem faz aborto, mostra imagens fortes da criança morta e motivo choca o mundo

A norte-americana Lindsey Paradiso, de 28 anos de idade, decidiu fazer um aborto na 23ª semana da gestação ao descobrir que a filha, que ela tinha decidido chamar de Omara, tinha um tumor no pescoço, descoberto pela ecografia, que bloqueava suas vias aéreas e tinha, segundo os médicos, apenas 1% de chances de sobreviver até o parto. Mais: Lindsey corria o risco de ficar infértil se não passasse pelo procedimento.
Arrasados depois de toda alegria que tinham sentido ao saber que teriam seu primeiro filho, Lindsey e seu marido, Matt, optaram pelo aborto, que durou mais de 40 horas e foi um processo horrível, como ela contou nas redes sociais. Ao ouvir comentários de Trump, que descrevia como os médicos supostamente arrancam sem nenhuma cerimônia bebês a poucos dias do nascimento dos ventres maternos, ela não teve dúvidas de que era necessário repartir sua história com o resto da sociedade, explicando que o presidente americano transmitia uma visão errada e leviana do aborto realizado nos estágios mais avançados da gravidez. "Não posso deixar que a idiotice dele passasse em branco e os comentários dele afetem pessoas que passaram pelo mesmo que eu", resumiu Lindsey ao explicar sua motivação.
Ela ressaltou que o seu aborto tinha interrompido uma gravidez ardentemente desejada, que ela fez questão de ter a filhinha morta nos braços antes do funeral. Para ilustrar o que seu texto dizia, ela compartilhou fotos suas com a pequena Omara. "O governo não tem nada com isso", arrematou, rechaçando as pressões de ONGs e grupos religiosos que pretendem proibir o aborto nos Estados Unidos. #Mulher

TODA A VERDADE SOBRE JOÃO CORRUPTO DÓRIA

O empresário da sonegação:
Joaão Dória que se vangloria, é envolvido em um grande esquema de corrupção internacional com sonegação de impostos, chamado “Panamá Papers", através de uma empresa offshore, um tipo de empresa formada em paraísos fiscais, como Panamá, feita para sonegar impostos.

Assim Dória comprou um apartamento em Miami de US$ 231 mil, sem que a propriedade aparecesse em seu nome. Embora tenha declarado um patrimônio de R$ 179 milhões, o candidato do PSDB omitiu o apartamento de Miami e sua casa, em São Paulo, também foi declarada por um quarto do valor real, que é de R$ 45,9 milhões. O tucano acumulou sua riqueza, através de corrupção e sonegação de impostos, esse é o grande orgulho do “esforço individual” do candidato empresário.
Palácio particular 
Na semana em que ocorreu um grande incêndio em uma favela em Osasco, é interessante saber que o prefeito do PSDB goza para si mesmo de uma casa de 3.304 metros quadrados construídos e 7.883 metros quadrados de terreno, com piscina e quadra de tênis, a área de lazer com campo de futebol gramado e iluminado. Estimada em R$51 milhões (valor de IPTU e não do mercado) em bairro nobre Jardim Europa, bairro este onde nunca ocorre incêndios. O valor real, sem sonegação de impostos deve ser várias vezes maior que o valor que ele declara no IPTU.

Aos sem teto promete repressão 
Enquanto esbanja seus luxos, Dória promete à população sem teto e carente que “não terá nenhuma tolerância”: garantiu que movimentos de moradia que “invadem propriedade”, como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), não terão tratamento de diálogo em sua gestão. Para o empresário moradia não é problema, mas para mais de 2 milhões de moradores de favelas segundo dados de 2010, os 15.905 moradores de rua em 2015 o tucano reserva-lhes a continuidade de uma vida precária, e com muita repressão a possíveis manifestações (como havia dito o ex-secretário de segurança pública, agora ministro da Justiça tucano, Alexandre de Moraes).

Essa é a igualdade de direitos que o PSBD: todo culto e defesa da grande propriedade particular, as custas da precariedade de vida de milhões de pessoas.
Quer que as pessoas trabalhem de graça
Mas não esqueçamos sua “genial” proposta para as periferias: “retomar os mutirões pelas periferias, juntando moradores para pintar paredes de escolas, capinar pracinhas. “O nome do programa vai ser Mutirões Mário Covas” – talvez uma homenagem ao tucano envolvido no esquema de fraude de licitações no metrô de SP. Sem resolver os principais problemas da população, Dória como bom empresário, propõe explorar o trabalho da população sem pagá-los para manter os prédios públicos, trabalho que deveria ser feito por funcionários pagos e com carteira assinada e todos os direitos.

Empresário, como de hábito, corrupto 
Apesar do PSDB ter escolhido uma figura com pouca trajetória política, Doria já tem casos de corrupção no prontuário: foi acusado de receber um cheque de R$ 20 mil em dezembro de 2013 de uma empresa investigada pela Operação Lava Jato. O nome do tucano aparece uma vez em um extrato bancário da Link Projetos e Participações Ltda., sob suspeita do Ministério Público Federal de ser usada pela empreiteira Engevix para pagar propina ao almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, ex-presidente da Eletronuclear preso em 2015 pela Força-Tarefa.

“Sou um empresário” rico e explorador 
João Dória foi o  candidato mais rico de toda a eleição. Na lista de bens estão cinco casas, nove empresas, dois Porsches, duas Pajeros, além de obras de arte e investimentos no Brasil e nos Estados Unidos, isso no que ele declara, imagina se contar o que está escondido na offshore da Panama Papers. Acionista de uma produtora de televisão, da empresa de comunicação Dória Associados e da Dória Associados Editora, que publica sete revistas de economia, negócios e estilo de vida. Entre suas empresas estão também um shopping center e um centro de convenções na cidade de Campos do Jordão, no interior paulista. Um verdadeiro magnata a la Donald Trump, que sem dúvida representará os ricos e milionários.

Dória ainda preside o LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), que congrega mais de 700 das maiores empresas do Brasil e representam 44% do PIB privado do país. É acionista e presidente do conselho da Casa Cor, maior evento de arquitetura e decoração das Américas e o segundo maior do mundo. Ou seja, é evidente como Dória é o candidato da patronal, sustenta sua fortuna à custa de exploração dos trabalhadores. O candidato não quis se posicionar sobre a questão da reforma trabalhista e da previdência, “Não fujo às perguntas, mas estou aqui como candidato a prefeito. Vou responder os temas que estão vinculados à cidade”, para não se desgastar com os ataques do governo golpista, sendo membro do partido eminentemente golpista como o PSDB, base de Temer e maior entusiasta do fim dos direitos trabalhistas. Seu silêncio é a cara hipócrita daqueles que consentem e se beneficiam.
São Paulo globalizada tem que ter promoção, tem que ter “Black Friday” 
Apesar de não querer se pronunciar sobre a politica nacional e o golpe institucional, suas propostas práticas mostram o acordo completo. Dória quer privatizar desde o sistema funerário, aos corredores de ônibus, parques e “o que mais estiver à frente”. Estão na sua lista também o complexo poliesportivo do Pacaembu, o parque de convenções do Anhembi e ainda a venda do autódromo de Interlagos. Prometeu até mesmo implantar um pedágio urbano na capital. Ligado a Alckmin, seguirá o projeto de venda de 25 áreas de pesquisa biológica em São Paulo, criticado pelo Programa Vale do Ribeira do Instituto Sócio Ambiental. Assim, a política deste edificante chefe de leilão é entregar a cidade a empresários como ele, que buscam lucrar em cima da exploração do trabalho. A privatização traz consigo a terceirização, os baixos salários e a retirada de direito dos trabalhadores.

Estado mínimo para a população, e muito para empresários
O candidato defende o Estado mínimo “a Prefeitura vai vender tudo aquilo que não for essencial para a gestão pública”. Para o mesmo a privatização é uma mostra de que o “Estado não pode e não deve estar onde ele não é necessário. Quem deve administrar estes locais é o setor privado”. Dória indica que vai ser o candidato “sério” para garantir os lucros das empresas. O “estado mínimo” encontra seu limite na repressão, que será “generosamente distribuída a todos” (que protestarem).

A idéia de estado mínimo está colocada na entrega de todos os bens ao setor privado e fortalecimento das forças repressivas, que vão ser utilizadas contra a juventude pobre, negra, moradores de rua, mas também contra as greves e lutas operarias e de juventude, que justamente colocam em questão os lucros para os quais o Dória pretende governar. Falando nisso...
Repressão em dobro 
Doria propõe integrar as polícias Militar e Civil à GCM (Guarda Civil Metropolitana). Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, a Cetel e o Copom já estão operacionalmente integrados desde 2010. Ou seja, a proposta de Dória vai além da já repressiva GCM. Lembremo-nos desta na gestão Haddad (PT) retirando os cobertores e reprimindo os moradores de rua em pleno inverno. O tucano deixa implícito nessa “integração” a possibilidade da policia civil cumprir o mesmo papel da militar, uma das corporações mais assassinas do mundo.

Em entrevista a CBN o empresário classificou o comportamento da Polícia Militar nos protestos contra o impeachment de Dilma Rousseff como “adequado”, afirmando que o “trabalho da polícia é difícil e é preciso compreender que uma situação onde haja blackblocs a polícia tem que reagir”. Ele afirmou que “pretende usar como modelo o governo Geraldo Alckmin e não o entende como autoritário”. Ou seja, seguirá a mesma política de Alckmin, cuja polícia militar foi responsável por uma em cada quatro pessoas assassinadas na cidade de São Paulo em 2015, a maior taxa já registrada.
Mais dinheiro para... os empresários da saúde e do transporte 
Assim como tudo para o tucano se responde com PRIVATIZAR, naquilo que já é privado, sempre pode se lucrar mais. A resposta às altas tarifas de ônibus, e para evitar desgastes com a juventude e os trabalhadores que sofrem com o transporte caro e lotado, Dória propõe aumentar o subsídio do estado às empresas do transporte, para “não elevar as tarifas”. Atualmente, a prefeitura paga quase R$ 2,5 bilhões às empresas. Nos últimos sete anos, os repasses subiram em ritmo cinco vezes maior do que a inflação. O objetivo: encher os bolsos das máfias do transporte, contra as quais batalhou a juventude em Junho de 2013.

Para saúde, que já esta semi-privatizada com a expansão das OSs, a proposta é fazer uma parceria com as empresas de saúde privada, para que a população use os hospitais a noite e na madrugada (sic). Assim, Dória encontra a chave para os empresários da saúde terem lucros também no período noturno, quando o fluxo é menor, e a população que encontre um jeito de ir aos hospitais pela madrugada, independente da falta de transporte e de segurança. Sem contar o óbvio, que sua proposta não dialoga com a precariedade do serviço público, com a população que espera meses para exames e cirurgias, mas no programa de Dória não existe uma linha que se proponha a investir nos serviços públicos. Claro, ele como Marta e outros candidatos não usam os serviços públicos, o que importa para eles?
“Adoro que me chamem de coxinha. Não tenho problema nenhum”
Assim disse o empresário recentemente, em seu luxuoso escritório no Jardim Europa, bairro nobre de São Paulo. Ele também é apoiador do Juiz Sergio Moro, que goza de salário milionário, foi treinado nos EUA e é parte fundamental do golpe, “No dia 24 de setembro, levou para um almoço-debate do Lide, o grupo empresarial que preside, o juiz Sergio Moro. Foi o recorde de público do evento: 586 empresários”. Sua trajetória política, ainda que breve já mostra para que veio, foi apoiador de Fernando Collor (então no PRN) e fundador do movimento anti-Lula Cansei, em 2007, que criticava o PT, já na época pressionando para uma linha mais neoliberal que o PT já estava tendo. Assim, o tucano, além de apoiador do golpe institucional orquestrado pela direita mais reacionária, homofóbica e machista, que vangloria ditadores, não se importa de ser identificado como “coxinha” expressão usada para classificar pessoas que compactuam com essas idéias.

BANDIDOS ROUBAM CARRO EM CALDAS NOVAS E CAPOTAM PRÓXIMO A PIRACANJUBA:

Essa dupla  roubou  um veículo Toyota Corolla em Caldas Novas. Após o roubo os ladrões seguiram rumo a cidade de Piracanjuba (80 km de Caldas Novas). Os marginais achando  seguiram acelerando pela rodovia, dando risadas, fazendo planos de como depenariam o carro, quando de repente o mundo começou a girar. Quase chegando na cidade de Piracanjuba capotaram o carro as margens da rodovia. Policiais Militares de Piracanjuba foram acionados e rapidamente chegaram no local onde depararam com um dos marginais na beira da rodovia sem saber que rumo iria tomar... estava correndo em círculos. Foi pro rumo do cubico da viatura o ladrão. Já o outro comparsa também tonto saiu desembestado no meio de uma plantação de soja.
A polícia foi atrás e conseguiu pegar o ladrão lá no trevo floresta. O bandido que estava tomando um caldo de cana pra recuperar da capotada ao ver os policiais ainda tentou fugir pulando muros que ficam em um povoado na região, mas os policiais pegaram o canguru e apresentaram o cubico da viatura para ele. Fabricio Barbosa Almeida e Marcio Nunes Duarte foram presos em flagrante e autuados pelo crime de roubo de veículo. O veículo aguarda a vítima na delegacia de Piracanjuba.