sábado, 19 de abril de 2014

EM CALDAS NOVAS DOIS MANDADOS DE PRISÃO SÃO COMPRIDOS PELA PM


1º Ocorrência: Por volta das 10h00min, do dia de ontem os policiais realizavam monitoramento no setor Santa Efigênia quando depararam com um indivíduo em atitude suspeita e ao verificarem os antecedentes criminais foi constatado que havia um mandado de prisão em desfavor do autor pelo art. 214 CPB. O autor Alan Araujo Da Conceição DN 03/06/95, foi preso e conduzido a DP onde ficou a disposição da justiça.
2º Ocorrência: Por volta de 11h30min, os policiais do Serviço de Inteligência estavam em patrulhamento pelo setor Caminho do lago onde depararam com um individuo em atitude suspeita sendo realizada uma abordagem policial e ao verificar os antecedentes criminais foi constatado que havia em desfavor do suspeito um mandado de prisão em aberto pelo art. 121 CPB. O autor Zenildo Farias De Sousa DN 02/03/76, foi preso e conduzido a DP onde ficou a disposição da justiça.
FONTE: 1º SGT BRUNO 2º CIA ESPECIALIZADA DO 26º BPM



KOMBI DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO CAPOTA E VÁRIOS ACIDENTES FORAM REGISTRADOS






Um grave acidente assustou os moradores do bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (18). Na esquina das ruas dos Pioneiros com a David Tows, um Sandero colidiu contra uma kombi da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), que acabou capotando.
A kombi seguia pela canaleta de ônibus quando ultrapassou o sinal vermelho para atender uma ocorrência. “Como o sinal estava verde para mim, eu passei e não consegui frear quando vi a kombi”, relatou o motorista do Sandero à Banda B. Com o impacto, o veículo da Setran travou no meio-fio, rodou e capotou.
O motorista do Sandero estava com a esposa e a filha. Felizmente, ninguém ficou ferido. De acordo com o condutor da kombi, os outros carros pararam para o veículo passar, mas o Sandero não. “Nesse tipo de colisão, a kombi capota mesmo. Sorte que todos estavam usando cinto de segurança e não houve vítimas”, concluiu ele.

Enfermeira presa é amiga de Roseane Sarney

Foto-Fofoca: Enfermeira presa em Pedrinhas é “chegada” de Roseana e Ricardo Murad.


Presa na manhã desta quinta-feira (17), a enfermeira Gisele Pacheco, que trabalhava no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, foi flagrada entrando com quatro celulares, chips e carregadores, no Presídio Feminino.

A enfermeira é “chegada” da governadora Roseana Sarney e do secretário interino de Segurança Pública do Estado, Ricardo Murad. Ela também é nora do ex-comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Franklin Pacheco.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Pontalina mulher suspeita da morte do homem que nutria paixão por ela

Policiais Civis de Pontalina prenderam Paula Thais Sousa Barbosa, de 27 anos, por força de mandado de Prisão Temporária. Paul é suspeita de ter assassinado Gesiel Gomes de Faria, de 41 anos, cujo foi encontrado no dia 15 de março último, em avançado estado de decomposição. A vítima foi atraída para uma represa na zona rural de Pontalina, onde foi assassinado a golpes de faca. A motivação pode ter sido o interesse da suspeita pelo dinheiro da vítima, o que ficará devidamente esclarecido nos próximos passos da investigação.
De acordo com o Delegado Patrick Carniel, Titular da Delegacia de Pontalina e responsável pelas investigações, Gesiel Gomes nutria uma grande paixão por Paula Thaís, que realizava até movimentação bancária em nome da vítima, pessoa de boas condições financeiras. Com o sumiço de Gesiel, a família passou a procurá-lo insistentemente e o tempo todo buscou informações sobre o seu paradeiro com a própria Thaís.
A suspeita insistia o tempo todo que Gesiel tinha sido assassinado na beira da represa por um homem desconhecido e que esse mesmo homem a teria ameaçado de morte. A história não convencia os Policiais Civis e no dia 15 de março, diante de todas as evidências de ser ela a autora do crime, Thaís mostrou à Policia Civil onde o corpo havia sido deixado. Paula Thaís, principal suspeita da morte de Gesiel Gomes, ficará presa temporariamente por 30 dias, podendo a medida cautelar ser transformada em Prisão Preventiva.

AONDE MARCONI PERILLO VAI, O POVO PROTESTA E SEUS CAPANGA ENTRAM EM AÇÃO

Estudantes da UEG protestam contra governador Marconi Perillo. Assessores tomam faixas de universitários
Nem tudo foi flores na visita e campanha antecipada do governador de Goiás, Marconi Perillo, a Campos Belos, nordeste do estado, a 600 km de Goiânia.
Um grupo de alunos da Universidade Estadual de Goiás (UEG), munidos de cartazes, apitos e gritos de ordem foram ao local protestar contar a péssima situação física do campus da universidade no município.
Em uma das faixas, os alunos disseram que a UEG pede socorro. Em outra, solicitam urgentemente transporte escolar para aqueles que moram fora da sede do município.
Mas a truculência por parte de membros da comitiva não deixou que o protesto pacífico e verdadeiro prosseguisse em paz.
Na foto, o flagrante de um dos assessores do governador tomando uma faixa dos estudantes.

DENARC APREENDE MAIS DE 1000Kg DE DROGA





Após sete meses de investigações, Policiais Civis da Delegacia Estadual de repressão a Narcóticos ( DENARC), prenderam os Leonardo Ramos dos Passos, o Loirinho, 22 anos, e Marcos Teles Correia, o Gordinho, de 20 anos. Eles transportavam meia tonelada de maconha, que vinha do Paraguai, em um veículo Fiat Strada, cor branca, roubado em Goiânia 10 dias. Essa foi a segunda etapa das investigações que resultaram, em um primeiro momento, na apreensão de 700 kg da droga com outros membros quatro membros do mesmo grupo de traficantes.
A ação foi cinematográfica e rendeu até um gesto de grandeza e coragem do Delegado Odair José Soares, Titular da DENARC, e do Agente de Polícia Wilson, ao saltarem em um rio para salvar a vida do traficante Leonardo Ramos. Durante o percurso, Leonardo e Marcos decidiram mudar a rota inicialmente traçada para fugir das barreiras policiais. Só que no meio do caminho o primeiro imprevisto: Os veículos Astra e Corsa utilizados no transporte da droga quebraram os dois tiveram que esconder a droga em um matagal às margens da BR-364, nas proximidades da cidade de Iturama, em Minas Gerais.
Monitorados o tempo todo pelos Policiais Civis, os dois traficantes retornaram a Goiânia, onde pegaram um Fiat Strada e também um Fiat Siena, ambos roubados, para resgatar a droga que ficou no meio do caminho. O resgate aconteceu na madrugada do último dia 14. Na viagem para Goiânia, mais um imprevisto: passando por Campina Verde, outra cidade mineira, os traficantes se depararam com uma blitz da Polícia Militar e empreenderam fuga. Os Policiais Civis, que vinham monitorando os traficantes durante todo o tempo, saíram no encalço dos mesmos.
Durante a perseguição e troca de tiros, o veiculo Siena, ocupado por dois elementos, bateu na lateral de uma ponte e caiu dentro do Rio Verde. Leonardo Ramos dos Passos, 22 anos, ficou preso nas ferragens. Ele morreria afogado não fosse a ação corajosa e humana do Delegado de Polícia Odair José Soares e do Agente Wilson. O veículo estava sendo levado pela correnteza e, aos gritos de desespero, o traficante, apenas com a cabeça de fora, pedia por socorro quando. Foi aí que Odair e Wilson saltaram no rio pra salvá-lo. Os dois policiais amarraram o Siena e mantiveram o traficante com a cabeça fora da água até a chegada do Corpo de Bombeiros da cidade mineira de Frutal. O segundo elemento que estava no carro, mesmo ferido, conseguiu fugir.
Ainda em fuga e perseguida por outra equipe de Policiais Civis, a Strada, carregada com a meia tonelada de maconha, capotou  cerca de 8 km depois da ponte do Rio Verde, na BR-364, já no município de Itapagipe, também em Minas Gerais. A droga ficou espalhada pelo asfalto e Marcos Tales Correia, 20 anos, acabou preso.
Ricardo Castelo Branco, de 18 anos, outro integrante do grupo, foi responsável pelo resgate dos veículos Astra e Corsa que estavam estragados e parados na rodovia. Ele saiu de Goiânia em um Caminhão Guincho, resgatou os veículos e no momento em que passava por Itumbiara, já em Goiás, foi preso pelos Policiais Civis.
O Delegado de Polícia Eduardo Prado, Adjunto da DENARC e responsável pelas investigações, lembra que durante toda a operação, dividida em dois momentos,  foram apreendidos nove veículos roubados, 1,2 toneladas de maconha e oito traficantes foram presos, sendo seis em Goiânia e dois em Minas Gerais. As investigações contaram com a participação de 30 policiais, 20 deles da DENARC de Goiás.
Eduardo Prado agradece o apoio efetivo do Delegado Odair Soares, responsável por chefiar toda a parte operacional e que esteve em campo por mais de 10 dias com os Policiais Civis. Agradece também todos os policiais da DENARC e dos Grupos Especiais de Repressão a Narcóticos (GENARCs), de Jataí e Itumbiara, nas pessoas dos seus Delegados e Coordenadores, Marcos Guerini e Rilmo Braga, respectivamente.  Agradece também os Delegados Titulares das Delegacias Regionais de Jataí, André Fernandes, e de Itumbiara, Ricardo Chueire,  e ao Superintendente da Polícia Judiciária, Delegado Deusny Filho, pelo apoio que deram à operação.

LADRÕES SÃO PRESOS E NA DELEGACIA FAZEM POSES PARA FOTOS

Policiais militares dos setores Centro e Santa Cruz prenderam nesta madrugada (18) dois jovens por furto qualificado. Eles arrombaram um trailer de lanches localizado na Rua da Lapa e furtaram vinte e cinco latinhas de cerveja e refrigerante, além de um liquidificador.
Denúncias via 190 levaram os policiais até a casa onde estava a dupla, na Edson de Oliveira, na Região do Lago III, que fica a poucos metros do local do furto.
Jonathan Vieira da Cruz, de 21 anos, conhecido pelo apelido 'ferpa', acumula várias passagens pela polícia, como tráfico de drogas, formação de quadrilha, furto qualificado, ameaça e em seis oportunidades, como usuário de entorpecentes.
O parceiro dele, Daniel Camilo Lenzer de Oliveira Reis, 20 anos, apelidado de 'bundinha do Maria Luiza' até então não possuía passagens.
Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.




FEIJÃO DEIXA FLAMENGO E VOLTA AO BAHIA


O xodó está de volta ao Fazendão. Tratado com muito carinho pela torcida do Bahia, Feijão já está de malas prontas para retornar a Salvador. Nesta quarta-feira, o volante postou nas redes sociais uma mensagem na qual confirma que não ficará no Flamengo para o restante da temporada 2014 e que em breve deve regressar ao Tricolor.

- Boa noite, galera. Venho aqui informar a minha nação que estou voltando para o meu Bahia. Agradeço ao Flamengo pela oportunidade. Mesmo jogando pouco, muitos queriam essa oportunidade, pois no currículo é ‘bagaça’. Espero que minha nação me acolha de braços abertos. Obrigado por tudo, meu Deus – escreveu o jogador.

Na manhã desta quinta-feira, o clube confirmou oficialmente o retorno do volante. Inicialmente, os sócios foram informados por meio de SMS. Depois, o Tricolor divulgou uma nota em seu site oficial.
Revelado pelas divisões de base do Bahia e promovido ao elenco profissional no ano passado, Feijão foi emprestado ao Flamengo no início deste ano em negociação que envolveu a chegada do atacante Rafinha ao Fazendão. O retorno do volante não implicará na devolução de Rafinha, que seguirá à disposição do técnico Marquinhos Santos. O Tricolor também não pagará multa e arcará apenas com os salários de Feijão, que tem contrato com o Esquadrão por mais três anos

FHC ENVOLVIDO COM VALÉRIODUTO E SE FAZ DE SANTO

Documentos reveladores e inéditos sobre a contabilidade do chamado ‘valerioduto tucano‘, que ocorreu durante a campanha de reeleição do então governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB), em 1998, constam de matéria assinada pelo jornalista Leandro Fortes, na edição dessa semana da revista Carta Capital. A reportagem mostra que receberam volumosas quantias do esquema, supostamente ilegal, personalidades do mundo político e do judiciário, além de empresas de comunicação, como a Editora Abril, que edita a revista Veja.
Estão na lista o ministro Gilmar Mendes, do STF, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), os ex-senadores Artur Virgílio (PSDB-AM), Jorge Bornhausen (DEM-SC), Heráclito Fortes (DEM-PI) e Antero Paes de Barros (PSDB-MT), os senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e José Agripino Maia (DEM-RN), o governador Marconi Perillo (PSDB-GO) e os ex-governadores Joaquim Roriz (PMDB) e José Roberto Arruda (ex-DEM), ambos do Distrito Federal, entre outros. Também aparecem figuras de ponta do processo de privatização dos anos FHC, como Elena Landau, Luiz Carlos Mendonça de Barros e José Pimenta da Veiga.

OPERAÇÃO LIMPEZA FOI ATE´O GOVERNO DE FHC

Homens das Forças Armadas brasileiras teriam realizado, já durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), uma nova etapa da Operação Limpeza no Araguaia, entre os Estados do Tocantins, Mato Grosso e Maranhão, que consistia na busca e extermínio de supostos adeptos da guerrilha que enfrentou os governos ditatoriais impostos ao longo de duas décadas ao país. A informação foi revelada na noite desta quarta-feira, pela advogada Nadine Borges, uma das coordenadoras da Comissão da Verdade, que investiga os abusos cometidos pelas forças de repressão mantidas durante a ditadura civil-militar instalada após o golpe de Estado de 1964.
Nadine Borges falou, na noite passada, a uma plateia na qual estavam presentes, entre outros, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) e o presidente regional da legenda, João Batista Lemos, o ex-presidente da União Nacional dos Estudantes Daniel Iliescu, representantes do Judiciário e intelectuais. Na mesa do debate que antecedeu o lançamento do livro Alma em fogo, do ex-deputado Aldo Arantes, coordenada pelo representante no Rio da Fundação Maurício Grabois, Carlos Henrique Tibiriça, estavam o ex-deputado Haroldo Lima, fundador da Ação Popular (AP), o cineasta Cacá Diegues e o advogado e ex-parlamentar Modesto da Silveira. Todos ouviram o relato de Nadine Borges.

ADVOGADA DA COMISSÃO